1280px-Flag of Brazil.svg     Bandeira-dos-Estados-Unidos-2000px  

BlogO que fez diferença para que a Ford saísse da crise?

O que fez diferença para que a Ford saísse da crise?

ford

Alan Mulally, CEO da Ford desde 2006, colocou a empresa de volta aos trilhos, com um lucro de 6,6 bilhões de dólares em 2010. Quando ele assumiu, as pessoas relutavam em falar de problemas durante as reuniões semanais. Os jogos eram praticados, e quando os problemas surgiam, muitas vezes já era tarde...


Matar o mensageiro: Esta é uma tradição antiga; você joga suas frustrações sobre a pessoa que está trazendo para você as más notícias, ao invés daqueles que as criaram. Este é um jogo para líderes que não tem tolerância a informações negativas. Ser capaz de absorver e aprender com os acontecimentos negativos é uma habilidade crucial para os líderes de hoje; ao invés de desenvolver essa habilidade, alguns jogam o “Matar o Mensageiro”.

Sem más notícias: Neste jogo, os jogadores evitam ou suprimem dados negativos na busca incessante de uma abordagem positiva. Este jogo pode estar presente numa variedade de situações, mas no caso da Ford, podemos identificar dois: evitar comentários negativos e esconder resultados pobres do chefe para evitar a sua ira.

Meias-Verdades: O jogador divide apenas metade do que seria necessário que os outros soubessem. Como resultado, as pessoas tomam decisões como se as meias-verdades fossem verdades inteiras. Nesse jogo, as pessoas fingem não conhecer todos os fatos e dessa forma se mais tarde forem acusados de induzir o grupo ao erro, eles podem alegar ignorância.

O principal impacto desses jogos é que as pessoas filtram seus relatórios, extraindo qualquer relato que possa gerar uma explosão. As pessoas aprendem a não comunicar os problemas, entao os gerentes operam em uma bolha feliz, pensando que tudo vai bem quando na verdade estão em sérios problemas. Quando esses jogos são praticados, a empresa está em risco devido a falta de visibilidade. Como as questões são disfarçadas através dos jogos, nenhuma bandeira vermelha é levantada quando os problemas aparecem, e com os líderes mal informados, a empresa perde agilidade. Eles operam a partir de uma perspectiva exageradamente otimista e são incapazes de ter um plano em caso de recessão ou
movimentação da concorrência.

Uma transformação drástica na forma de gestão da Ford apoiou as mudanças estratégicas
implementadas. Tom Grant, encarregado pelo desenvolvimento dos executivos, surgiu com
treinamentos de gestão para 15 000 executivos. Durante uma semana, grupos de executivos de diversos países e funções compartilharam suas opiniões e experiências sobre o trabalho e a vida pessoal. Criando mútua confiança, os jogos reduziram. Este trabalho teve um impacto fantástico no ambiente de trabalho e no desempenho. Com menos política no escritório, ninguém tem medo de anunciar más notícias. Quando acontecem problemas, os executivos pedem ajuda e dessa forma a Ford pode resolver todos os desafios que surgem. O próximo passo é espalhar essa atitude para toda a empresa.

Fonte: Exame, Abril Editora, Brasil, 23 de Fevereiro de 2011

Compre online agora!

Submarino

Livraria Cultura

Elsevier

Saraiva

Jogos do Mês

Jogo L4 - Envolvimento de Faz de Conta

Para jogar o Envolvimento de Faz de Conta, o gerente realiza pesquisas de opinião, reúne grupos de discussão ou convoca reuniões de envolvimento para comunicar que "sua opinião conta", mas tudo isso tem como objetivo apenas fazer com que as pessoas se sintam participantes, em vez de fazê-las participar realmente. A verdadeira intenção é apenas evitar queixas e fazer com  que os gerentes possam mostrar para seus chefes que estão "fazendo a coisa certa" - engajando seu pessoal no processo de tomada de decisões. Esse mesmo jogo ocorre quando os líderes envolvem superficialmente os subordinados diretos, solicitando seus pontos de vista sobre a estratégia do departamento, mas confiando apenas na propria opinião pessoal. O cinismo acaba sendo a resposta final dos subordinados a esse tipo de jogo, e perde-se  o respeito pela liderança. E a coisa é talvez ainda pior quando o gerente necessita de que seu pessoal se mostre realmente comprometido e colaborativo em um grande projeto, e encontra dificuldade em assegurar seu envolvimento.

Elogios sobre Jogos Politicos

jacopoUma leitura fantástica não apenas para líderes e executivos seniores, mas também para os profissionais que querem crescer dentro de organizações complexas. Goldstein e Read dissecam a dinâmica interpessoal que afeta o desempenho da empresa, proporcionam uma estrutura conceitual para compreensão dos jogos praticados nas empresas, e oferecem ferramentas práticas para correção desses comportamentos e aumento da eficiência.

Jacopo Bracco vice-presidente executivo, DIRECTV Latin America

Leia mais...
Topo

Todos os direitos reservados © Jogos Politicos    -   Desenvolvido por Infoture